MEMÓRIA DA RADIODIFUSÃO NO MUNDO 

O rádio e a televisão têm sido de muita utilidade para a população brasileira e mundial. Vemos com certa tristeza o desvirtuamento de finalidades das duas grandes invenções da humanidade. O rádio possui 70 anos de história no Brasil. "A invenção do rádio é creditada ao inventor e cientista italiano Guglielmo Marconi, nascido em 1874 na cidade de Bolonha.

Desde menino demonstrando interesse pela Física e Eletricidade, Marconi foi o primeiro a dar explicação prática aos resultados das experiências de laboratório anteriormente realizadas por Heinrich Hertz, Augusto Righi e outros. Pelos resultados dos estudos de Hertz, Marconi concluiu que tais ondas poderiam transmitir mensagens e, assim, em 1895, fez suas primeiras experiências, com aparelhos rudimentares, na casa de campo de seu pai."

Aqui na terrinha um grande estudioso, padre Roberto Landell de Moura, gaúcho de nascimento, é considerado pelos brasileiros como o inventor do rádio, visto que com suas experiências conseguiu suplantar Marconi, pois teve a proeza de transmitir a voz através de seu invento, enquanto Marconi, apenas sinais.

O pai da radiodifusão no Brasil coube a Roquette Pinto. Conhecido como um dos principais antropólogos do Brasil, Edgard Roquete Pinto, "o pai do rádio" no país, demonstrou grande interesse em relação aos meios de comunicação, em especial ao rádio. Em situação embrionária no Brasil, Roquette previu imediatamente o seu uso como um difusor de cultura popular.

Como vêem, o rádio tem lindas histórias para ser contadas,  um dos objetos mais utilizados no mundo. Hoje em dia é difícil encontrar uma residência que não possua um aparelho de radiodifusão.

Uma história linda, cheia de nuanças positivas, rádio serviu para a divulgação da cultura e a história do povo brasileiro e dos acontecimentos de destaque no cenário mundial.  

 

O rádio evoluiu suas ondas para o sinal digital e pelas redes de informática e passa por estes momentos cruciais onde tornou-se possível manter um diálogo com quem produz os programas ou está no ar, esta proximidade de quem produz os programas e o radio-ouvinte encurtou distancias e paradigmas .

 

É com este objetivo que a Rádio Supra FM se apresenta pela rede mundial de computadores e pelo dial,  Viemos assim, nos adaptando aos diversos sons que a música pode traduzir além do  fascínio por ela  que vai sempre existir!

 

isto é o “ SHOW  A INFORMAÇÃO EM TEMPO REAL SEM BARREIRAS E SEM LIMITES”!!!

 

.

 

 

 

 

Um programa voltado para a população da região metropolitana e do DF .

 

Do povo e para o povo!

 

Supra FM 90,9 Mhz

Compartilhar

Com dinamismo e agilidade para noticiar os principais acontecimentos da manhã, o jornalista, professor e radialista Hélio Júnior, em parceria com a radialista Marlene Silva  apresenta diariamente, o  programa matinal "Momento do Povo", pela Rádio Supra FM 90,9 Mhz, para toda região metropolitana e DF. 

 

O programa conta com conteúdo inédito, focado no jornalismo cidadão e na produção de reportagens especiais. Transmitido ao vivo todas as  manhãs, das 05h às 07 horas de segunda à sábado e no domingo das 05h as 8h, 

 

A radialista Marlene Silva já ancorou no mesmo prefixo durante 14 anos um programa de cunho assistencialista  dando a ela larga experiência no ramo social inclusivo. Hélio Jr já integrou o grupo de profissionais da empresa durante quatro anos. Ganhou prêmios de jornalismo na região metropolitana e no Brasil e atuou, na comunicação do Supremo Tribunal Federal e no Ministério da Justiça. O jornalista afirma que a Rádio Supra FM está dando a ele uma oportunidade de juntar a paixão pelo rádio e o “apetite” por inovação.

O profissional que já atua na radiodifusão desde 1987 como repórter e apresentador dedica-se especialmente à cobertura política e social inclusiva . Para ele, o programa é um desafio. “A comunicação mudou durante o tempo e a interação que é característica da rádiodifusão, aumentou com as redes sociais”.

 

Segundo Hélio Jr. a  direção da emissora Supra FM 90,9 Mhz  conta com grande espírito empreendedor e visão de futuro, e isso permitiu que hoje seja a emissora preferida dos  sul metropolitanos. Sua programação abrange todas as classes sociais. E vem ao longo desses vinte e três anos consolidando a participação no mercado midiático, revolucionando o rádio no Centro Oeste Goiano. O que, consequentemente, a posiciona, como a emissora de maior audiência na região.